Projeto Escolinha de Futebol da Categoria de Base do CASM:

I – INTRODUÇÃO.

Devemos antes de tudo lembrar que a escolinha de futebol infantil é um projeto educativo e social e, portanto busca a integração das crianças com um grupo que não seja a sua escola e sua família. Deve ser um local em que a criança desenvolva disciplina, força de vontade e o sentimento de grupo.

II – OBJETIVO GERAL.

O PROJETO “ESCOLINHA FUTEBOL DA CATEGORIA DE BASE” é formativo e social, não visando lucro comercial por meio deste esporte. O que importa é que as crianças terão oportunidade de estarem socializando-se através de sua prática, estarão fazendo uma descoberta do corpo em movimento, descobrindo o prazer do jogo e das brincadeiras, conhecendo direitos e deveres, terão a chance de sair das ruas e serem educadas pelo esporte. E mesmo que um dia não cheguem a ser profissionais de futebol, serão sabedores de seu papel na sociedade: de homens e mulheres responsáveis, que procurarão cumprir as suas obrigações graças a esse projeto de Futebol de Campo e Society. Por isso buscamos a relevância dessa iniciativa.

Para isso precisamos do apoio da sociedade em geral e principalmente da parceria com empresas para juntos realizarmos o sonho de muitas crianças e jovens, que se agarram no esporte em busca de uma oportunidade na vida e um diferencial para se viver.

 

III – OBJETIVO ESPECÍFICO.

  1. Ensinar as regras de futebol;
  2. Dar ênfase na socialização;
  3. Contribuir para o desenvolvimento físico, psicológico e nutricional;
  4. Ensinar e aplicar os fundamentos técnicos do futebol de campo;
  5. Ensinar e aplicar os fundamentos táticos do futebol de campo;
  6. Evidenciar em todo momento a disciplina e o respeito aos colegas e professores antes, durante e após os treinamentos;
  7. Participar de campeonatos de futebol de campo nas categorias infantil e juvenil;
  8. Avaliar periodicamente o desenvolvimento, físico motor de habilidades motoras, psicológico e de socialização dos beneficiados pelo projeto.

IV – PÚBLICO ALVO.

O público alvo são crianças moradoras na cidade de Mairinque de todas as classes sociais, sem discriminação, dando ênfase as crianças carentes, pois elas são as que mais precisam.

Elas devem estar devidamente matriculadas nas escolas Municipais, Estaduais ou Particulares, e encontrem na faixa etária de 07 a 17 anos completo.

V – COMO PARTICIPAR.

Para participar desse projeto os alunos levam para casa um formulário (anexo A) para ser preenchido pelos pais ou responsáveis legais. Entre várias informações, pedimos o nome da escola, da Professora e o da diretora, com isso, nós mantemos um relacionamento estreito com as escolas.

Quando o menino tem algum desvio de conduta na escola ou no clube, agimos de forma à disciplinar.

Outra exigência para participar do projeto é que tenham boas notas, caso contrário, são penalizados.

O CASM e a Cargill estiveram juntos nesse projeto durante 10 anos, contando com mais de 100 crianças. A Cargill mantinha um professor de educação física com CREF, e cediam os uniformes completos, coletes para treinamento e bolas. O CASM disponibilizava a estrutura e o acompanhamento dos alunos.

Em março de 2014 a Cargill cancelou a parceria, e o projeto perdeu força, mas os pedidos dos pais foram tantos, que o clube retomou a ideia neste início de ano de 2015 e está buscando uma parceria para dar continuidade ao projeto.

É com esse intuito que estamos abertos a conversar com as Empresas de Mairinque e região, na certeza de podermos firmar uma parceria que perdure por muitos anos.